As tardes de domingo em família

Haverá programa mais divertido que estar de pijama vestido, em pleno domingo à tarde, de pantufas nos pés, enrolados nas mantas, a brincar com os nossos filhos?

– Haverá, certamente, que haverá.

Diz quem não sabe, nem nunca sentiu a grandeza destes momentos.

É mais do que uma tarde de descanso, é mais do que preguiça, é mais do que distração, é mais do que passar tempo, é mais, muito mais!!!

É construção de afetos, é simplicidade, no seu estado mais puro, sem artefactos, nem malabarismos, é escrever uma história, com marcas que ficarão para sempre na nossa memória, é estar, só e apenas isso, é tricotar o amor no coração de cada um de nós, transformando-o em felicidade.

São estes momentos de união que ficarão gravados na memória de cada criança, fazendo dela um ser mais feliz e completo, polido a tranquilidade e alegria.

São estes momentos que farão dela um ser humano melhor!

É claro que nós adultos temos tantas coisas em que pensar, acabar, concretizar, temos lá tempo para isto… por vezes são estes os pensamentos que temos quando parámos e apenas estamos num momento “sem fazer nada” [achamos nós]. Quando damos conta de todas as coisas que devíamos ter feito e não fizemos, chegamos a ficar com remorsos e sentimento de culpa.

Mas não fiquemos, nada é mais valioso que os momentos em família. São tão necessários como fazer o jantar, arrumar a cozinha, estender a roupa, fazer a cama e tudo o resto. Ao estar com a nossa família construímos crianças fortes emocionalmente, seguras de si mesmas, capazes de dar e receber amor.

Não deixemos para segundo plano, a nossa família, não é necessário programar nada, nem criar um momento xpto, basta ESTAR.

Ângela Rodrigues

Comentários

Comentários