Nada (é a palavra mais exata que descreve o que é ser mãe)

Não há manuais, não há teorias, exercícios de física ou matemática que demonstrem ou até que descrevam o que é SER MÃE, também não existem palavras suficientemente grandiosas para o explicar… NADA – é a palavra que mais se assemelha a uma explicação lógica e com sentido. Não sabemos nada e o que antes acreditávamos e defendíamos afincadamente deixa de fazer sentido. É estranho, mas real.

Conhecem a expressão “cada um é como cada qual”? Tantas vezes que já a ouvimos e nos passou completamente ao lado, até ao dia em que somos mães. Cada filho é único e especial, tal como as gotas da chuva. Enquanto mães a nossa aprendizagem é feita ao longo de cada dia, semanas, anos.

E é este viver intenso… de amar a cada segundo, de sentir forte e desmedido que torna mágica esta caminhada de mãe e de filha.

Ângela Rodrigues

Comentários

Comentários